Brave vai ter seu próprio buscador para bater de frente (ainda mais) com Google

Empresa já desafia o status quo do mundo da publicidade e agora a briga vai ficar ainda mais interessante

É isso mesmo, o Brave agora vai bater ainda mais de frente com o Google.
Na última semana, a empresa anunciou a compra do buscador focado em privacidade Tailcat.
O Brave possui em sua essência uma diferença bem grande do Google, e agora com um buscador integrado, podemos imaginar um modelo totalmente diferente em buscas na Web, assim como o Brave já faz com o mercado de publicidade.

O Tailcat foi desenvolvido pela Cliqz, uma subsidiária da alemã Hubert Burda Media. O Tailcat, que a Burda fechou em 2020, foi projetado para mostrar resultados sem registrar a atividade de pesquisa do usuário ou construir um perfil. Os termos do negócio não foram divulgados, mas a Burda agora é acionista do Brave.

Os planos são bem ambiciosos. Eventualmente o novo buscador passará a exibir anúncios e também espera pagar usuários para verem esses anúncios, assim como já faz com seu navegador principal. O sistema de anúncios existente baseado em navegador da Brave paga 70% da receita de anúncios aos usuários da Brave que optam pelo sistema.

"Se chegarmos à terra prometida de nosso próprio sistema automatizado de anúncios de busca, daremos ao usuário pelo menos o que ganhamos"
- Brendan Eich, presidente-executivo

Quer testar? O Brave abriu uma lista de espera, basta se registrar e esperar para ter acesso ao beta.

Saiba mais

Matéria no CNET: https://www.cnet.com/news/brave-takes-on-google-with-privacy-focused-search-engine/
Matéria no TechCrunch: https://techcrunch.com/2021/03/03/brave-is-launching-its-own-search-engine-with-the-help-of-ex-cliqz-devs-and-tech/
Site do Brave: https://brave.com
Brave Search: https://brave.com/search