Proposta de regras e ações para Inteligência artificial na Europa

A Comissão Europeia está propondo novas regras e ações com o objetivo de transformar a Europa no centro mundial de Inteligência Artificial (IA) Confiável

A Comissão Europeia está propondo novas regras e ações com o objetivo de transformar a Europa no centro mundial de Inteligência Artificial (IA) Confiável.
A combinação do primeiro quadro jurídico sobre IA e um novo Plano Coordenado com os Estados-Membros garantirá a segurança e os direitos fundamentais das pessoas e das empresas, ao mesmo tempo que reforça a aceitação, o investimento e a inovação da IA em toda a Europa.
Novas regras sobre máquinas irão complementar esta abordagem, adaptando regras de segurança para aumentar a confiança dos usuários.
Margrethe Vestager, vice-presidente executiva da comissão diz:

“Em Inteligência Artificial, a confiança é uma obrigação, não é apenas algo legal para se ter. Com essas regras, a UE está liderando o desenvolvimento de novas normas globais para garantir que a IA seja confiável. Ao definir os padrões, podemos preparar o caminho para a tecnologia ética em todo o mundo e garantir que a UE permaneça competitiva ao longo do caminho. Preparadas para o futuro e favoráveis à inovação, as nossas regras intervêm onde for estritamente necessário: quando a segurança e os direitos fundamentais dos cidadãos da UE estão em jogo”

O novo regulamento garantirá que os europeus possam confiar no que a IA tem a oferecer. Regras proporcionais e flexíveis abordarão os riscos específicos representados por sistemas de IA e definirão os mais altos padrões em todo o mundo. O Plano Coordenado descreve as mudanças políticas e investimentos necessários a nível dos Estados-Membros para fortalecer a posição de liderança da Europa no desenvolvimento de IA centrada no ser humano, sustentável, segura, inclusiva e fiável.

Saiba mais no post oficial da Comissão: https://ec.europa.eu/commission/presscorner/detail/en/ip_21_1682